COMO RECONHECER UM CRENTE/EVANGÉLICO?

Este é o nome de um artigo postado em blog brasileiro. Veja o que dizem de suas filhas e de vocês, irmãos e irmãs evangélicos. Conteúdo EXTREMAMENTE OFENSIVO, impróprio para menores de idade. Fica a pergunta: ONDE ESTÃO AS AUTORIDADES DESTE PAÍS? Maiores de idade cliquem aqui.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

ATENÇÃO PAIS: Fátima Bernardes defende ideologia de gênero para crianças na TV

Fátima Bernardes defende ideologia de gênero para crianças na TV

Encontro tenta mostrar crianças transgênero como algo natural



O programa Encontro, apresentado pela rede Globo pelas manhãs, abordou nesta sexta-feira (17), mais uma vez a questão das crianças transgênero. Fátima Bernardes anunciou logo no início que iria falar sobre “crianças que não se identificam com o sexo com que nasceram”.
O especialista convidado foi o psiquiatra Alexandre Saadeh, que é coordenador do Ambulatório transdisciplinar de identidade de gênero e orientação sexual do Hospital das Clínicas de São Paulo. Ele fez questão de frisar que “Não tem nada de errado” com as crianças que desde cedo acreditam ter nascido “no corpo errado”. Citou ainda que atende meninos e meninas com “3 ou 4 anos de idade”.
Usando um conhecido discurso, alegou que o Ambulatório “não faz intervenção” e que cada um pode ser o que quiser, pois “criança não tem preconceito”. Para o psiquiatra, o gênero é uma construção social e mencionou que eles acompanham casos “até a entrada da puberdade”, antes de começar o tratamento hormonal, que gera mudanças no corpo.
Fatima alegou que ainda existe muito preconceito e falta de informação sobre o assunto, por isso estava apoiando uma “Campanha de aceitação e respeito”, simbolizada pelas borboletas que decoravam o cenário do programa. Também apresentou alguns dados sobre o assunto, alegando que a disforia de gênero atingiria “1 homem a cada 100 mil e uma mulher a cada 400 mil”.
Uma das convidadas era Alexsandra, mãe da Isabela, de 10 anos, que nasceu menino, mas nunca se identificou com o gênero de nascimento. Agora, apoiado pelo Ambulatório do HC de São Paulo, “assumiu” uma identidade de menina e trocou inclusive de nome.
Em seguida, foi mostrado o caso de “Renata”, um adulto transexual que afirma ter recebido todo o apoio da família para assumir essa condição aos 13 anos. Estava presente no palco o ator Ricardo Tozzi, que afirmou ver uma questão espiritual nesse tipo de situação. “Se nasceu na sua família é uma questão que você tem de desenvolver”, afirmou.
De modo geral, o programa tentou dar uma luz positiva sobre uma questão complexa, tentando mostrar que ela deveria ser vista com “naturalidade”.  A certa altura Fátima reclamou dos comentários na internet que faziam críticas ao programa por tratar desse assunto.
A média de audiência do Encontro é 10 pontos no Ibope. Se cada ponto de audiência equivale a 690 mil espectadores, portanto são cerca de 7 milhões de brasileiros ouvindo sobre mudança de sexo biológico de crianças.Pelo fato de ir ao ar no horário matutino, chama atenção de não haver qualquer alerta sobre o conteúdo.
FONTE: https://noticias.gospelprime.com.br/fatima-bernardes-ideologia-de-genero-criancas/?utm_source=onesignal&utm_medium=noticias&utm_campaign=push

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

ATENÇÃO, CUIDADO: "Milo Yiannopoulos e o surgimento do nazismo americano"

Link deste artigo: http://bit.ly/2la3sYL

Milo Yiannopoulos e o surgimento do nazismo americano

Scott Lively
O exército de comunistas de George Soros está causando tumultos na Universidade de Berkeley e querem que nós conservadores fiquemos do lado do sujeito cuja turnê de palestras provocou tudo. No entanto, tenho duas palavras para os conservadores que estão sendo seduzidos a abraçar o porco faminto por atenção Milo Yiannopoulos como herói do conservadorismo: fujam! Com Trump agora como presidente, podemos nós mesmos resgatar o sistema educacional, muito obrigado. Não precisamos da ajuda desse exibicionista.
Milo Yiannopoulos
O que estamos testemunhando no artificioso “Fenômeno Milo” não é a resposta ao controle da extrema esquerda do sistema universitário americano, mas uma tentativa dos tão chamados “conservadores gays” de sequestrarem o pêndulo cultural que está finalmente oscilando para o lado dos conservadores depois de meio século de trabalho duro. Não só é Yiannopoulos um oportunista recentemente inventado se precipitando para pegar os holofotes bem no momento em que a maré da batalha está mudando, ele também representa a própria antítese do conservadorismo: o abandono do casamento e fundação da sociedade, a qual é a família, que o conservadorismo existe para conservar.
Não se deixe levar pela campanha da marca “Milo” dando-lhe o valor de nome como o da Madonna. O homossexual assumido Yiannopoulos não representa o conservadorismo. Como o homossexual Adolf Hitler fez na Alemanha, ele representa o surgimento do nazismo americano e adotá-lo nada fará senão fortalecer e justificar os comunistas que são verdadeiras duplicatas dele. Para guiar de volta os EUA ao sistema político e civil manejável de liberal versus conservador, os liberais precisam abandonar os bolcheviques, inclusive os agitadores de Berkeley e os conservadores precisam abandonar os nazistas, inclusive Yiannopoulos.
A afirmação dos esquerdistas de que Yiannopoulos representa o nazismo é digna de crédito? Sim! (Quanto a ele, mas não ainda quanto a Trump.) Pelo fato de que eles sabem o que os conservadores não sabem: que o nazismo sempre foi sobre homossexuais “machões” nacionalistas arrancando à força o poder dos homossexuais “fêmeos” comunistas e socialistas, primeiro nas ruas e então nos postos governamentais e finanças. (O antissemitismo foi apenas casual na agenda nazista nos primeiros doze anos.) Nesse sentido, “Milo” representa a própria essência do nazismo como o governo Trump representará se se alinhar aos homossexuais em vez de aos cristãos e aos judeus fiéis à Torá. (Por definição é uma escolha que o sr. Trump terá de fazer por um ou outro.)
Como disse Voltaire, os que não conseguem aprender as lições da história estão condenados a repeti-las, e estamos assistindo à repetição da queda da Alemanha na hiper-polarização entre comunistas e fascistas. Como autor do livro “A Suástica Rosa: Homossexualidade no Partido Nazista,” junto com o pesquisador judeu ortodoxo Kevin Abrams, sei melhor do que ninguém o que essa lição da história tem para nos ensinar e essa lição é: Nunca mais homo-fascistas como resposta conservadora ao comunismo violento.
Primeiramente, não existe tal coisa como “conservador gay” se palavras têm algum significado. Escrevi sobre isso aqui: http://juliosevero.blogspot.com/2016/07/o-mito-do-conservador-gay.html
Sempre adotei a meta original do movimento gay, a qual era “o direito à privacidade.” Isso é verdadeira tolerância para com pessoas que escolhem viver fora dos comportamentos predominantes da sociedade e os defenderei contra a invasão à privacidade deles. Mas fazer propaganda da identidade homossexual como algo bom e normal é um ato deliberado de subversão da norma de família natural e não só merece, mas exige oposição do mundo civilizado.
O surgimento de líderes homossexuais na Direita política é um sinal de perigo de alerta vermelho sobre a saúde do movimento direitista, indicando que a principal força por trás dele não é mais bíblica, mas secular. Avisei que isso estava voltando em meu boletim de 1 de abril de 2009:
“Não há dúvida de que os tempos estão ficando mais tenebrosos, e o Evangelho está sendo desafiado nos EUA como nunca antes. E quase certamente ficará pior. [O deputado homossexualista] Barney Frank está predizendo a aprovação de pelo menos três grandes leis homossexualistas no primeiro mandato de Obama, e mundialmente a força destruidora homossexual está avançando velozmente. Em meses recentes, alguns igualaram a eleição de Obama com a eleição de Hitler, mas eu discordo. A eleição de Obama realmente equivale, num sentido histórico, ao governo de Weimar antes de Hitler, caracterizado por políticas econômicas socialistas desastrosas e uma simultânea devassidão sexual extrema. O caos social resultante atraiu uma compensação exagerada à ‘direita,’ que abriu a porta para Hitler. Tanto na Alemanha quanto nos EUA a transformação da cultura moral durante décadas de conservadora para corrupta foi orquestrada pelo movimento homossexual: Essa é a mensagem e tema central do livro ‘The Pink Swastika’ (A Suástica Rosa).”
“Neste exato momento, estamos vendo uma revolta populista antissocialista nos EUA na forma de Tea Parties e outros grupos. Sou totalmente a favor desses grupos, pois nessa fase esse movimento é em grande parte patrocinado e dirigido por cristãos. Contudo, se esse movimento crescer ao ponto em que os secularistas ultrapassem o número dos ativistas cristãos e comecem a assumir papéis de liderança, o tom e as metas desses grupos provavelmente mudarão para uma direita política, mas longe de princípios moderadores baseados na Bíblia. Veja: http://juliosevero.blogspot.com/2016/07/profecia-de-2009-fala-sobre-candidatura.html
Isso foi em 2009. Nesta semana o governo de Trump cometeu seu primeiro grande erro em se afastar de princípios moderadores baseados na Bíblia ao decidir continuar algumas das políticas de Obama com relação às questões LGBT. Meu amigo Peter LaBarbera escreveu sobre isso aqui: http://juliosevero.blogspot.com/2017/02/trump-triangula-na-questao-da.html
Minha suposição é que toda essa questão pró-homossexualismo, inclusive a turnê de Yiannopoulos, é uma estratégia do assessor de Trump Steve Bannon do Breitbart. A equipe dele acha que pode minar a base de poder LGBT apoiando “conservadores gays” enquanto ao mesmo tempo redefine alguns aspectos da agenda gay como parte do conservadorismo, e enquanto ao mesmo tempo suprime a verdade sobre suas raízes comuns com o aborto (ao qual eles se opõem). Mas se o conservadorismo pode apoiar a sodomia, pode também apoiar a matança de bebês por meio do aborto, já que a lei contra ambos é de Deus: a lei acima de todas as leis.
Não dá para o presidente Trump tentar jogar ao mesmo tempo em dois times incompatíveis “triangulando” as questões. “Que comunhão há entre Cristo e Belial?” pergunta a Bíblia. Ou Trump fica com Deus ou com os demônios nessa questão. E os demônios por trás da degradação da sexualidade humana são poderosos demais para serem restringidos pela esperteza humana. O próprio Salomão, o governante mais rico e sábio de todos os tempos, não conseguiu aprender essa lição de história e perdeu seu reino por isso (1 Reis 11:1-12). Alguém realmente precisa superar Bannon (a quem admiro como estrategista na maioria dos aspectos) para apontar isso para o sr. Trump. Talvez o sr. Bannon recuperará os sentidos nisso, mas o grau no qual ele aparentemente investiu na estratégia Yiannopoulos sugere que não.
O monstro gay cujo nariz mal entrou no Partido Republicano nessa altura (o movimento, não o homem) logo se apossará dele se não for detido agora. Em vez de aplaudir Yiannopoulos como se ele fosse “o campeão de luta de box dos conservadores” nas universidades, precisamos parar de lhe dar holofotes para que ele pare de posar para as câmaras e volte ao armário ao qual ele infelizmente pertence. Em vez de deixar a equipe do sr. Bannon guiar o movimento conservador para longe do alinhamento bíblico, vamos orar e com todas as forças levar as pessoas no curso do conservadorismo verdadeiro conforme era entendido por quem já era pró-família e anti-homossexualidade: os fundadores dos Estados Unidos.
Traduzido por Julio Severo do original em inglês de Scott Lively: Milo Yiannopoulos and the Rise of American Nazism
Leitura recomendada:

Prophetic Prayers: Daily Prayer Guide Based on the Book of Proverbs, by Julio Severo, a book published by WestBow Press, a division of Thomas Nelson & Zondervan. To promote it in your church, contact the author.

To order it in hardcover, softcover and Kindle, follow this link: http://www.propheticprayersofficial.com/


Voce sabe o que é a TMI (Teologia da Missão Integral?

VOCÊ SABE O QUE É A TMI?
Por : Vanessa Michel
Teologia da missão integral ( TMI ) mais uma artimanha ''evangélica''.

Eu estava lendo alguns artigos no Blog do Júlio Severo e me deparei com algo que já havia lido muito superficialmente mas não sabia direito do que se tratava já que INFELIZMENTE hoje em dia há diversos tipos de teologias (falsas e antibíblicas ).
Enfim é mais um veneno inserido no meio ''cristão'' , deturpando a verdade de Cristo e afastando do evangelho genuíno.
Acredito que alguns conheçam ou tenham ouvido falar sobre mas quis compartilhar para o conhecimento de todos , e é com grande alegria que compartilho e vejo que as profecias vindas do Altíssimo se concretizam cada vez mais e a hora da redenção cada vez mais próxima. Amém !
Teologia da Missão Integral é a Teologia da Libertação 'Evangélica". A Esquerda que se veste de Pastores evangélicos
TEOLOGIA DA MISSÃO INTEGRAL(TMI)
Obs: Este é um estudo simples da TMI.
Existem muito mais envolvimentos com a ideologia Marxista que não foram incluídos ainda. Mas já dá para se ter uma idéia da terrível heresia que é.
1). O que é?
1.0). Ouça a entrevista do Rev. Alberto Thieme e Fabio Blanco, gravada pela rádio http://www.radiovox.org no link: https://soundcloud.com/rvox_org/boletim-...27-02-2014
COPIA: https://soundcloud.com/rvox_org/boletim-...um=twitter
1.1). Definição segundo a Wikipédia: Veja o engano, preste bem atenção nos textos grifados em amarelo: “A teologia da missão integral é uma vertente teológica evangélica, desenvolvida na América Latina. Para a teologia da missão integral, a dignidade humana, o cuidado com o meio ambiente e a luta contra toda a forma de opressão e injustiça são aspectos indissociáveis da mensagem do Evangelho(a).
(a).O Evangelho nunca falou em luta contra toda forma de opressão e injustiça. Como então pode estar associado a isto?
Segundo a teologia da missão integral(b), Deus criou o mundo como expressão do seu amor, sendo o ser humano feito à imagem e semelhança de Deus e incumbido por Deus para cuidar da sua criação. O pecado é a atitude deliberada da humanidade de resistir a este propósito. E Jesus, portanto, veio reconciliar o ser humano com Deus e, assim, restabelecer o propósito de Deus para a humanidade e toda a sua criação, por meio daqueles que seguem a Jesus.
(b).Não é segundo a TMI que Deus criou o mundo....etc, mas sim segundo a Bíblia. Estão querendo substituir a Bíblia pela TMI?
DIZ LÁ: Evangélicos ligados a diferentes igrejas© tem aderido à teologia da missão integral, pois não trata das questões do batismo no Espírito Santo e da contemporaneidade dos dons espirituais, que divide os evangélicos no Brasil em pentecostais e não-pentecostais (d). Todavia, contrapõe-se à teologia dos missionários protestantes anglo-saxões do século XIX na América Latina, que se alicerça na salvação do indivíduo, e à teologia da prosperidade(e), que enfatiza a fidelidade à Deus como forma do indivíduo obter benefícios de Deus, como o enriquecimento ou a cura de enfermidades, em retribuição(f).
© . poucos:
(d) . A maioria dos palestrantes da TMI não creem nos dons espirituais e outros são cessacionistas.
(e) . Isto não tem fundamento bíblico. Teologia da Prosperidade não pressupõe enriquecimento, pois riqueza é dom de Deus, diz a Bíblia. Ser próspero nunca foi sinônimo de ser rico. Existem, sim, desvios praticados por alguns pregadores televisivos e de pouquissimas igrejas neo-pentecostais.
Falta entendimento nestes teólogos que combatem a Teologia da Prosperidade achando que todo favor divino não se pode ser pedido, quando a Bíblia ensina claramente que devemos sim, pedir a Deus as bençãos materiais e bem como orar por enfernos(Tiago 5).
(f). Este é o pensamento distorcido dos tradicionais cessacionistas. “Isto não é verdade, pois a maioria dos pentecostais e neo-pentecostais não aceitam a Teologia da Prosperidade como exposto, porém, é bíblico que Deus abençoa com bens materiais mesmo, áqueles que o serve. O progresso material das famílias que servem a Deus é verdadeiro e visível. Veja o exemplo de Abrahão, Ló que obtiveram o favor de Deus por serem fiéis a Ele. Veja o caso de Caleb que Deus, usando Moisés no deserto lhe prometeu por herança, o Monte Hebrom. Se esqueceram das promessas feitas em mateus 6:33 pelo próprio Senhor Jesus: “Buscai em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça e as demais cousas (o que seria demais cousas na cabeça deste que escreveu o texto acima na Wikipédia?) vos serão acrescentadas.
A teologia da missão integral, portanto, não se restringe à relação entre Deus e o indivíduo, mas contempla também a transformação das relações humanas e das relações dos seres humanos com o meio ambiente, que é parte da criação de Deus,(g). Os cabeças dominantes do poder passa a atender os da Elite Marxista que se enriquecem rápidamente pois os benefícios que deveriam ir para os pobres acabam indo para os bolsos dos que pertencem a Elite Marxista e os pobres nunca foram o foco da ajuda material real(redenção da pobreza e da miséria) que continua existindo nos paises com governos comunistas. Esta suposta ajuda aos pobres existe apenas na ideologia Marxista e que destrói a liberdade individual, familiar, e os filhos tornam-se propriedade do Estado, e o povo todo perde sua liberdade individual, torna-se massa de manobra dos Marxistas, e vivem em miséria extrema).
(g).infelizmente, fazendo uso das ideologias de Karl Marx e dos ambientalistas e consequentemente sendo a favor do uso da força para rebaixar a classe rica para supostamente ajudar os pobres (que é exatamente o que Karl Marx pregou sobre a luta de classes).
Entre os principais expoentes da teologia da missão integral da América Latina, estão René Padilha, Samuel Escobar e Orlando Costas.
Com um linguajar cativador, seus preletores usam jargões Marxistas que acabam por confundir os evangélicos, dando a impressão de que seus bem abastados palestrantes estão apresentando algo bíblico, porém, ao analisar seus discursos se torna fácil notar a influência da ideologia Marxista. Veja na monografia deste pastor, de seu curso de pós-graduação na Universidade Metodista: no link: "http://ibict.metodista.br/tedeSimpli…/tde_busca/arquivo.php… , onde encontramos as seguintes frases: "Em 1976, a Aliança Bíblica Universitária convocou o Congresso Missionário, em Curitiba, e sete anos depois houve o Congresso Brasileiro de Evangelização (1983), em Belo Horizonte. Com quase dez anos de atraso, esse congresso renovou o sonho de incendiar os evangélicos brasileiros com o Pacto de Lausanne. As Fraternidades Teológicas Latino-Americanas já promoviam congressos continentais. Parecia ter chegado a vez dos evangélicos brasileiros desencadearem outros eventos com a mesma convocatória: articular uma teologia holística que “alcançasse a pessoa toda com todo o Evangelho em todo o seu contexto social e cultural”. Acontece então o Congresso Nordestino de Evangelização, em Recife, em 1988
Segundo o próprio Ariovaldo Ramos, discipulo de Caio Fábio, a TMI é “a versão prostestante da Teologia da Libertação(Marxista)”.
O Congresso de Lauzane/74 foi idealizado por Billy Graham, mas ele se sentiu mal ao ver militantes da América Latina tentarem sequestrar o evento para a Teologia da Missão Integral. Esses militantes queriam que o Congresso de Lauzane, fosse uma plataforma para a Teologia da Missão Integral. Porém, foram muito combatidos por C.Peter Wagner e o próprio Pr. Billy Graham que foi se distanciando do projeto Lauzane. Hoje Lauzane é citado elogiosamente apenas por radicais da TMI, como Ricardo Gondim, Caio Fábio, René Ed Kivitz, Revista Ultimato e era por Robson Cavalcanti e outros poucos.
Além disso, Kivitz faz referência ao Congresso Mundial de Evangelização de Lausanne, em 1974: Segundo ele, graças à “contribuição significativa de teólogos latino-americanos como Orlando Costas, Samuel Escobar e René Padilla… desde então, o movimento evangelical está associado ao chamado ‘espírito de Lausanne’”.
No entanto, Kivitz não deixa de mencionar que o resultado final dessa contribuição, o Pacto de Lausanne, sofreu resistência de evangélicos “fundamentalistas” como Peter Wagner. Segundo ele, Wagner via — para alegria do MEP, de Kivitz e Cia. — esse pacto como progressista e Peter estava certo.
Gondim também se queixa repetidamente de que a Teologia da Missão Integral teve seu avanço detido por conservadores no Congresso Lausanne de Evangelização Mundial (Manila, 1989). Ed Rene Kivitz, companheiro teológico de Gondim, já havia apontado Peter Wagner como líder da oposição conservadora. A atuação de Wagner, hoje líder do movimento apostólico mundial, exemplifica o potencial neopentecostal para deter o avanço esquerdista nas igrejas. Na dissertação de Gondim (p. 53), o erro de Wagner era “propor guerra espiritual como solução para os problemas sociais” — uma solução tipicamente neopentecostal, em contraste com a solução esquerdista de revoluções políticas.
Ele também evoca em seu artigo sobre Teologia da Missão Integral o seguinte: "O evangelho todo, para o homem todo, para todos os homens. [do Pacto de Lausanne] . O paradigma da missão integral O movimento da missão integral, ou teologia da missão integral, popularizado após o Congresso Internacional de Evangelização Mundial realizado em Lausanne, Suiça, em 1974, ganhou as ruas no Brasil somente depois que o Pacto de Lausanne foi publicado em português, dez anos após sua elaboração". Confira no link:http://edrenekivitz.com/blog/tag/missao-integral/.
Lógico que Ed René Kivitz é um dos propulsores dos latino-americanos que assaltaram o Pacto de Lauzane querendo impor a TMI como o ponto de partida para falar em Missões ou Evangelização do mundo sendo contestado veementemente pelo Pr. Billy Graham e seu Ministério que nunca mais deram apoio aos demais eventos do mesmo tipo.
Se peso internacional desse importancia a uma ideologia, o catolicismo seria uma ótima referencia.
Conceito de missão integral
Segundo Gondim: "Tendo compreendido alguns aspectos de onde e como o contexto evangelical foi forjado, podemos dar um passo adiante no sentido de melhor entender o termo “Missão Integral”. Não há registros, nas referências pesquisadas sobre instituições e eventos evangelicais antes do Pacto de Lausane (e nem mesmo nas que dizem respeito a este) que
PADILLA, C. René. “Missão Integral ensaios sobre a Igreja e o Reino”. FTL-B TEMÁTICA, Novembro, 1992, p. 8.
BORGES, Ricardo Weslley. “Pacto de Lausane” .ABU e VISÃO MUNDIAL, 2aed, 2003, p. 13.
conceito de “Missão Integral” tenha sido algo dado, fruto de um pensar teológico. O primeiro texto evangélico que encontramos trazendo esta elaboração de maneira mais intensa foi escrito em 1978 por René Padilla, com o título de “Missão Integral”. Trata-se de um ensaio que circulou na IV Conferência Internacional de Estudos Missionários, realizada em Nova Yorque, em Agosto daquele ano. Tal conceito surge como resposta à necessidade de esclarecer que não existe divisão entre pregação do evangelho e ação social e que, ambos, pertencem à mesma agenda da igreja. Esta compreensão foi definitivamente afirmada pelo meio
evangelical, em Lausane". O problema é que Gondim se esqueceu que a Bíblia é uma biblioteca completa e não precisa de ajuda de nenhuma ideologia humana, no caso a TMI + Marxismo.
Conforme a tese de mestrado escrito por Harley Abrantes Moreira, da UFRN – aluno do Mestrado em História, documentado no link: http://www.ftl.org.br/index.php?option=c...Itemid=75, a Teologia da Missão Integral começou no início do século XX, mas inicialmente não se tinha um nome definido. Com o passar do tempo foi se delineando entre os teólogos de esquerda o conceito de "TEOLOGIA DA MISSÃO INTEGRAL"
A matéria é longa, vejam na íntegra Fonte :http://www.defesahetero.org/…/teologia-da-missao-integraltm…
Também em :http://www.pulpitocristao.com/…/sobre-teologia-de-missao-in…
__________________________________________________________
Citar:
Em fevereiro de 2013, Ari, como representante da Aliança Evangélica, esteve com Gilberto Carvalho, do governo do PT. O motivo da reunião foi uma parceria entre evangélicos e PT.
Esse alinhamento “missionário” é muito mais profundo. Quando o PT, com todas as esquerdas do Brasil, fez oposição em massa a Marco Feliciano na presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, Ari assinou um manifesto contra Feliciano.
O que a Igreja Batista da Lagoinha pretende aprender de Ari? Oposição “missionária” aos cristãos conservadores que combatem a agenda de aborto e sodomia?
E onde li relatos sobre e este pequeno texto acima :http://juliosevero.blogspot.com.br/…/ariovaldo-ramos-na-igr…
E mais um bem interessante

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Ed René Kivitz do Marxismo ao Erotismo e Universalismo

Ed René Kivitz do Marxismo ao Erotismo e Universalismo

Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios. I Timóteo 4.1

Recentemente dois dos pastores de peso no meio evangélico acabaram falando mais do que devia. Claro, muitos deles estão querendo tornar mais interessante seus sermões para atrair mais públicos e com isso vale tudo, até apimentar determinados textos. Outros desejam um discurso conciliador, politicamente correto, aceitável aos valores do mundo e de todas as religiões. Sim, o velho ecumenismo está retornando com novas roupagens e vindo em sermões já contaminados pelo pensamento pluralizado. Sim caros leitores, são os tempos que segundo um amigo professor de história me disse esses dias: ‘’É o tempo da pós-verdade’’.
Como é difícil para mim que sou pastor falar de determinadas interpretações que os colegas de ministério andam defendendo em seus púlpitos. Não quero jamais cair no argumento ‘’Ad Hominem’’. Recentemente fui num gabinete de um pastor da minha cidade alertá-lo que o orador que ele tinha convidado para pregar nas festividades de sua Igreja, era um ferrenho defensor da inclusão de casais gays na igreja, adepto ao pastorado feminino, adepto a teologia da libertação e militante da esquerda. O pastor disse que sabia das posições e que não mudaria sua opinião, pois acreditava na pluralidade de idéias do universo Batista, e (na sua ingenuidade ou de achar normal) achava que ele não iria tocar em tais assuntos. E assim as Igrejas abrem suas portas para os falsos profetas. Pois bem, aqui estou para falar das posições teológicas de dois pastores: Ed René Kivitz e Jasiel Botelho.
Ed René Kivitz é Pastor e presidente da Igreja Batista de Água Branca, em São Paulo. Também é autor de vários livros e muito conhecido no meio evangélico. Não é de hoje que Ed René Kivitz vem entrando em polêmicas que tem chamado à atenção do meio evangélico, mas eu quero me concentrar basicamente duas polêmicas produzidas por ele: Universalismo e o Erotismo envolvendo a mulher samaritana e Jesus.
Na questão do universalismo Ed René Kivitz está bem claro sua posição quando ele tratou na mensagem em Romanos sobre a Graça divina, afirmando veementemente que Deus salvou a todos sem exceção, e que inclusive Herodes e Hitler (sem confissões de pecados e sem arrependimentos) seriam convidados para o banquete de Cristo. Ou seja, todos estariam no céu porque Cristo pagou a dívida de todos. Isso é universalismo! Veja o vídeo:
Apesar de ele ter postado outro vídeo negando que não é! Mas está bem claro no vídeo que ele vai na direção da heresia. Você que é evangélico e conhecedor da palavra sabe muito bem que Deus amou a Jacó e odiou a Esaú; que Deus na sua justiça vai condenar a muitos para o inferno e que sem confissão e arrependimento de pecados não é possível ser cristão. No entanto, Ed René afirma no vídeo acima que Hitler estaria no banquete de Jesus sem confissão e arrependimento de pecados. Isso é contrário a palavra de Deus e é uma heresia grave. A palavra de Deus afirma: ‘’Quem nele crê não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porque não acreditou no Nome do Filho unigênito de Deus; João 3.18. Como pode um dos maiores genocidas da humanidade, sem confissão e arrependimento de pecados está agora no banquete de Cristo? Claro que quando pressionado Kivitz produziu um vídeo que negou ta posição. Mas ele é conhecido por muitos teólogos como defensor da arte da ‘’quiabologia’’…escorregadio quando apertado.
Recentemente ele entrou numa nova polêmica no vídeo de uma das suas pregações que postou no Youtube. Usando o texto de João 4 sob o título do sermão ‘’O Deus Promiscuo’’, gerando uma ambigüidade, claro para chamar atenção do público. Assista:
Lá no texto, Jesus encontra a mulher samaritana no poço de Jacó. O contexto daquele texto nos diz que Jesus tinha saído da Judéia em direção a Galiléia, mas passaria em Samaria. Ele estava cansado e com sede e assentou-se perto do poço de Jacó para descansar e matar sua sede. No local ele encontra a mulher samaritana buscando água, e, começa um diálogo que envolve água e sede… Observem: Ele estava cansado e com sede, perto de um poço ’água e chega uma mulher samaritana. Antes de introduzir sua explicação sobre o texto Ed René avisa logo ao público que o texto não é para crianças. O conteúdo é impróprio, de linguagem adulta. Então vai explicando o papel da mulher na sociedade judaica até que chega no texto e avisa que ‘’existe’’ ali eufemismo. Palavras que eram pesadas, mas que o autor (João) do texto suavizou um possível entendimento erótico por parte da mulher samaritana. Sim meus queridos. Ele insinua no texto que a palavra jorrar é esguichar e começa a especular a imaginação da mulher no sentido erótico: ‘’talvez…talvez…talvez ela estivesse imaginado’’. Quando se abandona o texto e faz uma viagem sem retorno.
Mas vamos ao termo jorrar que é ‘’ἁλλομένου ou Hallomai’’. O termo significa: ‘’a ação da água que forma bolhas e que jorra da terra ou do solo; jorrar, uma fonte de água a jorrar para vida eterna. Todos estes significados estão relacionados às fontes contínuas ou fluxos correntes das águas. Água que não para, estação chuvosa. Nada, nada em relação à linguagem sexual, erótica ou de fertilização de um homem para com a mulher. Não há se quer qualquer idéia nesta direção. Já vi erros de acréscimos neste texto vindo da herética Ellen G. Withe, nas suas loucas e delirantes visões, ‘’afirma’’ em seu livro ‘’O Desejado de todas as Nações’’, que a mulher samaritana ‘’viu’’ uma espécie de brilho em Jesus. Mas essa do Kivitz é a mais bizarra exegese que eu vi na minha vida. O texto é claro e simples. Jesus estava cansado e com sede; uma mulher estava pegando água no poço, começa o diálogo entre Ele e ela; Ele pede água e depois usa a sede e água para falar de salvação; logo em seguida usa sua onisciência para revelar o estado pecaminoso sofrido, sua vida promiscua com muitos homens. Simples assim! Essas linguagens de rios, águas, poços, são apenas elementos para se falar da vida eterna. Linguagens que são presentes na teologia joanina, vejam:
‘’Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.
Ele estava se referindo ao Espírito, que mais tarde receberiam os que nele cressem. Até então o Espírito ainda não tinha sido dado, pois Jesus ainda não fora glorificado’’;
João 7:38,39.
Não é possível erotizar um texto tão simples e claro como este. Portanto, mais uma vez Ed René Kivitz erra e dessa vez de forma trágica. É possível que esse tipo de sermão ganhe mais públicos, mais adeptos. Mas certamente está longe de ser bíblico e de exaltar o nome de Deus. Triste ver um pastor se afastando tanto assim do comprometimento de ser fiel expositor da palavra e jogando para a platéia. Lamentável.
João Calvino afirma em seu comentário do Evangelho de João: que essa palavra denota um fluir contínuo de água, transbordante. F.F Bruce afirma que e Jesus está falando de uma água que salta da terra; Dom Carson explica que a mulher pensava num plano naturalista, enquanto Jesus falava de eternidade. Grande eruditos do Novo Testamento vão na contra-mão da posição do Ed René Kivitz. Diria que quase na sua totalidade.
Um pastor, chargista, missionário da SEPAL, foi no polêmico programa do ‘’Vejam Só’’ defender o casamento misto entre um cristão e incrédulo. Seus argumentos são todos forçados, se for colocá-los aqui o texto vai se alongar bastante e não é essa a minha intenção. Veja, a palavra de Deus é muito clara: ‘’Não se ponham em jugo desigual com descrentes. Pois o que têm em comum a justiça e a maldade? Ou que comunhão pode ter a luz com as trevas? Que harmonia entre Cristo e Belial? Que há de comum entre o crente e o descrente?’’
2 Coríntios 6:14,15.
Não é possível um pastor defender casamentos mistos, não é possível ele abençoar uma união entre luz e trevas. Paulo deixa claro neste texto. Ele não está falando de uma união já realidade de pessoas que se converteram com maridos descrentes. Está falando de quem pretende se unir já sendo luz.
Ele também afirmou que um ‘’Espírita é também um cristão’’. Sim meus irmãos acreditem:
1-Uma seita que prega a comunicação com mortos: a Bíblia não somente proíbe como diz que é impossível a comunicação com os mortos;
2- Salvação pelas obras: A Bíblia é clara e afirma que nossa alma é salva pela perfeita obra de Cristo e sua justiça imputada em nós;
3- Reencarnação: A bíblia diz que morreu segue-se o juízo. Nosso corpo não será reencarnado, mas ressuscitado num corpo incorruptível, está é a promessa;
5- Médium, e os espíritos desencarnados iluminados: A Bíblia diz que só há um mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus; quem nos capacita e nos ilumina é o Deus Espírito Santo.
Portanto o cristianismo e o Espiritismo são antagônicos. Além disso no Espiritismo existem alguns elementos do velho inimigo da Igreja primitiva, o gnosticismo. Não há a mínima possibilidade de o espírita ser cristão, porque usa o nome de Cristo e faz boas ações. Se Não estiver de acordo com o padrão de doutrina estabelecido por Cristo e por seus apóstolos, nada feito.
Para Igreja, um grande alerta: ’’E ainda mais, dentre vós mesmos surgirão homens que torcerão a verdade, com o propósito de conquistar os discípulos para si; ’’ Atos 20:30.
Sola Scriptura
Por Heuring Felix Motta, para o Consciência Cristã News
___
Referências Bibliográficas
1- Bíblia de Estudo Genebra – SBB e Cultura Cristã
2- Comentário Bíblico Evangelho de João – João Calvino – Ed. Fiel
3- Estudo no Vocabulário Grego do Novo Testamento – Marvin R. Vincent – CPAD
4- Introdução e comentário de João – F.F.Bruce – Vida Nova
5- Foco e Desenvolvimento no NT – Carlos Osvaldo – Hagnos
6- Léxico Analítico Grego do NT – William – D. Mounce – Vida Nova
7- Léxico Grego-Português do NT – Johannes Louw, Eugene Nida – Vida Nova.
8- Novo Testamento Interlinear – Waldir Carvalho Luz – Hagnos
9- Novo Testamento I – Warren Viersbe – Geográfica
10- O comentário de João – D.A.Carson – Vida Nova
11- O Novo Testamento – SBB
12- Teologia do Novo Testamento – George Eldon Ladd – Hagnos
13- Jesus:o”Deus promíscuo” – Ed René Kivitz – https://www.youtube.com/watch?v=YFlZeBBxoZw
14- Deus salvará toda humanidade? Universalismo ! https://www.youtube.com/watch?v=K5P09WghTHE
15- “Estão falando que eu sou universalista” – Ed René Kivitz – https://www.youtube.com/watch?v=pnw7siKR5_o
16- Jugo desigual: É licito o Pastor realizar casamento misto? – Vejam Só! 2016 – https://www.youtube.com/watch?v=9jbaT6KI_FE

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Ex-gay fala sobre como abandonou a prostituição: "Só a mão de Deus tira alguém dali"



Ramon Pedro afirma que não teria conseguido se libertar da homossexualidade, das drogas e da prostituição se não fosse pelo poder de Deus.


https://youtu.be/7gVYa-SYPd8



Quem conhece o testemunho de vida de Ramon Pedro está diante de uma grande prova da transformação que Deus pode operar no ser humano. Idealizador do Projeto Esperança, em Salvador (BA), que tem como objetivo alcançar pessoas que estão à margem da sociedade, ele conta que uma sucessão de diversos fatores o levaram não apenas à uma vida de homossexualidade, mas também de prostituição e vícios, como a pornografia e a dependência química.
Em um vídeo publicado em seu canal oficial do Youtube, Ramon destacou que a desestruturação de sua família acabou abrindo caminho para o desenvolvimento de uma carência emocional.
"Eu nasci no seio de uma família totalmente desestruturada, espiritual e emocionalmente. Os meus pais se separaram quando eu tinha 10 anos e isso trouxe para meu futuro sérias consequências: a falta da paternidade e a carência do que era uma figura paterna na minha vida", afirmou.
"A carência da afetiva que existia em mim me levou para a homossexualidade. Eu comecei a encontrar nos homens com quem me relacionava, o sentimento que eu não tive pelo meu pai, de afeto, de carinho e eu comecei a me envolver com a figura masculina, buscando preencher essa carência que existia dentro de mim, desde a minha infância", acrescentou.
O rapaz contou que acabou se envolvendo com trabalhos noturnos, tornando-se uma 'draq queen' e também se envolveu com o mundo da prostituição.
"Me tornei uma draq queen, trabalhando na noite e também com prostituição e com pessoas voltadas para esse meio", relatou.
Ramon afirmou que não via de qual outra forma poderia se ver livre daquele contexto devastador.
"Para sair desse ambiente foi muito difícil, porque é como um abismo: você entra, cai e só a mão poderosa de Deus para tirar você desses lugares", afirmou.

Dependência química
Ramon confessou que o vazio que permanecia dentro dele e a constante busca para amenizar a dor de sua alma o levou a usar drogas.
"O viciado não tem ideia do estrago que os entorpecentes fazem no organismo. A única coisa que ele quer é preencher o vazio que tem no peito e muitas vezes a droga traz um momento de prazer, 'amenizando' essa dor que existe pela falta de Jesus", destacou.
Ele acrescentou que conseguiu se libertar das drogas, depois que conheceu verdadeiramente a Jesus e entendeu que Ele tem o poder para livrar alguém de seus vícios.
"A Bíblia diz que Jesus é a liberdade, que Ele nos libertou para a liberdade", destacou.
Ramon conta que não precisou passar por nenhuma clínica de recuperação para vencer o vício da cocaína, mas reconhece que sozinho ele não teria conseguido.
"Eu larguei as drogas, só mesmo pela força de Deus em mim. Eu costumo dizer que por mim mesmo, eu não iria conseguir. A Bíblia diz que Ele é a nossa força, que é Ele quem nos fortalece", afirmou.
Atualmente, Ramon Pedro vive em Salvador (BA), liderando o Projeto Esperança e é casado com Raiane Teodoro.
"Temos o Corpo de Cristo unido aqui para resgatar essas pessoas que estão jogadas à margem da sociedade", disse Ramon sobre o projeto interdenominacional, que busca resgatar pessoas da prostituição, criminalidade e dependência química.
Confira o testemunho completo no vídeo acima.

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/testemunhos/ex-gay-fala-sobre-como-abandonou-prostituicao-so-mao-de-deus-tira-alguem-dali.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...